“Sou o melhor da história”: afirma Cristiano Ronaldo em cerimônia do prêmio Bola de Ouro

0
Cristiano Ronaldo vence quinta bola de ouro da France Football. (Foto: Portal Correio)

Melhor da história? Pelo menos é assim que Cristiano Ronaldo se define. O jogador conquistou na última quinta-feira (07 de dezembro) a sua quinta bola de ouro e, após a cerimônia de premiação, a revista francesa France Football entrevistou o português, que não hesitou ao responder quem seria o melhor jogador de futebol da história.

Eu sou o melhor jogador da história. Em tempos bons e ruins. Como Zidane nos disse no treino, é porque às vezes experimentamos momentos difíceis, mas os triunfos têm seu valor. A adversidade faz você trabalhar mais. É normal estar com raiva e frustração quando você não marca um gol. Se fosse o contrário, isso significaria que você não se importava. Então, sim, se eu estou tendo um jogo ruim ou um treino de m…, fico com raiva de mim mesmo. Mas quando saio do centro de treinamento, ou do estádio, consigo retomar uma vida normal”.

CR7, como é conhecido, tem 32 anos de idade e vem cravando uma disputa acirrada com o argentino Lionel Messi. Agora, ambos possuem cinco bolas de ouro. Cristiano Ronaldo venceu nos anos de 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017. O português também foi perguntado sobre essa rivalidade entre ele e o argentino e citou até que tiveram momentos que sentia raiva.

“É uma história engraçada, não é? Ganhei uma Bola de Ouro antes do Messi. Então, ele me passou ganhando quatro em seguida. Não escondo isso, estava triste e com raiva. Ia às cerimônias e nunca ganhava. Chegou um ponto que estava desmotivado. Eu não queria mais ir. Estar lá só para a foto não me interessava”, afirmou.

Detentor de vários recordes pessoais no futebol, Cristiano fala do apoio dos familiares e companheiros de Real Madrid, mas revela ainda não está satisfeito. O português também contou que ainda procura mais recordes para bater, incluindo um bem inusitado.

“Pouco a pouco, graças ao apoio de meus familiares, disse a mim mesmo que tudo na vida tinha um começo e um fim. E que no futebol, é o fim que conta, não o começo. Fui paciente. E ganhei outras Bolas de Ouro. Hoje é a quinta. Você vê, isso me torna ainda mais propenso a continuar lutando, sem pensar na idade. Qual é o jogador mais velho que ganhou a Bola de Ouro? Cannavaro?”, completou.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.