75% DA ÁGUA DOS RESERVATÓRIOS CEARENSES FOI DESTINADA PARA O ABASTECIMENTO HUMANO EM 2017

0
As águas foram distribuídas em 75% para consumo humano (Foto: Gazeta do Cariri)

Os seis anos consecutivos de seca no Ceará não racharam somente o solo. O coração-sertanejo dos cearenses também cindiu com a escassez das chuvas. E, não distante, de vida. No entanto, ainda que a pouca disponibilidade de água tenha afetado todos os setores da economia cearense, o setor de recursos hídricos no Ceará tem empreendido esforços no sentido de garantir os múltiplos usos da água disponível, com foco no abastecimento humano, mas sem deixar de lado o desenvolvimento econômico do estado.

Para isso, foi preciso ressignificar sua gestão — não só como garantia para o consumo humano, mas como motor econômico direto e indireto para manutenção de diversos postos de trabalho.

De acordo com informações da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), 75% da água armazenada nos reservatórios cearenses em 2017 foram direcionados ao abastecimento humano. Já o volume fornecido para a irrigação (16%) e para a indústria (7%) figuraram o segundo e o terceiro lugares na distribuição do recurso, respectivamente.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.