Ceará registra a maior geração de empregos no Nordeste

0
Em âmbito nacional, o Estado ocupa o 4º lugar na geração de empregos. (Foto: Divulgação)

No Ceará, o Natal aqueceu bem mais que as vendas de presentes e lembranças, mas fomentou a geração de empregos. O estado foi responsável pela criação de 2.861 empregos formais, principalmente no setor do Comércio, que registrou 3.061 empregos a mais, em novembro de 2017. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (27), pelo Ministério do Trabalho.

O resultado do Ceará é o quarto melhor do país e o primeiro do Nordeste em número de vagas criadas. “O estado está, há seis meses consecutivos, gerando saldos positivos de empregos, o que proporcionou o primeiro saldo positivo no acumulado do ano (2.388)”, analisa o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Gilvan Mendes.

“Outro ponto relevante é que os dados demonstram uma centralização da geração de empregos na região metropolitana de Fortaleza (3.139), o maior saldo dentre todas as áreas metropolitanas cobertas pelo Caged. Somente na Capital, foram 2.286 empregos adicionais”, acrescenta o analista do Mercado de Trabalho, Mardônio Costa.

 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui