Desconto no diesel será menor do que o prometido

0

A promessa de desconto de 46 centavos por litro no diesel não deve chegar às bombas, mesmo após os 10 dias de paralisação dos caminhoneiros. Isso se deve a um erro de cálculo do próprio governo.

Ao atender as demandas dos caminhoneiros, o Governo ignorou que o combustível deve ter em sua composição o mínimo de 10% de biodiesel. Dessa forma, o desconto máximo na bomba deve ser de 41 centavos.

Em entrevista ao Jornal da Manhã, o presidente do Sincopetro, José Alberto Paiva Gouveia, confirmou que o governo federal esqueceu de calcular o repasse do biodiesel. Segundo ele, a única exceção deve acontecer no Estado de São Paulo.  “As Companhias Distribuidoras vão repassar realmente o que o governo diminui e nem um centavo a mais. São Paulo mexeu na pauta fiscal, que é o valor que cobra o ICMS do consumidor. Nos outros estados, o que a distribuidora e o governo repassaram foi R$ 0,41 porque realmente esqueceram do biodiesel”, destacou.

O percentual de 10% de mistura de biodiesel no diesel é obrigatório desde o dia 1 de março deste ano. A mudança foi aprovada pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

A medida visa aumentar a demanda de biodiesel no País, sendo que a expectativa de consumo é de cerca de 5,3 bilhões de litros em 2018, o que reduziria a demanda de importações do óleo diesel.

Com informações do Expresso Ceará. 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.