Governo do Ceará suspende visitas em cadeias de 10 municípios

0
A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) suspendeu, a partir desta quarta-feira, 7, visitas a unidades prisionais de 10 municípios da Regional Centro Sul do Ceará. A decisão foi tomada por conta da atuação das facções criminosas e, principalmente, da morte de um agente penitenciário na manhã da última sexta-feira, 2, em Orós, a 340 km de Fortaleza. Em portaria publicada no Diário Oficial do Estado nessa terça-feira, 6, a pasta reconhece ausência de estrutura e efetivo para a manutenção da ordem no sistema carcerário do Estado. Nesta manhã, dois presos foram mortos e nove feridos em ataque promovido por outros detentos de facção criminosa rival, na Cadeia Pública de Pentecoste.
O agente Carlos Antônio Bezerra, de 34 anos, foi atacado em uma parada de ônibus próximo à cadeia pública. A suspensão tem prazo de 30 dias e abrange os municípios de Acopiara, Cedro, Icó, Iguatu, Ipaumirim, Jucas, Lavras da Mangabeira, Mombaça, Orós e Várzea Alegre.
Por meio de nota, a Sejus informa que “a medida é decorrente de sanções disciplinares ou por questões de segurança”. A assessoria da secretaria ressalta que “como determina a Lei de Execução Penal, o direito de visita pode ser suspenso sempre que a direção administrativa julgue necessário, seja para disciplinar o ambiente ou como medida de segurança”.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui