Governo Federal descarta intervenção na segurança pública do Ceará

0
Ministro da Justiça, Torquato Jardim (Foto: Evaristo Sá / AFP)
O ministro da Justiça, Torquato Jardim, declarou que o Governo Federal vai averiguar a necessidade dos estados brasileiros em relação à Segurança Pública. Contudo, o ministro negou uma possível intervenção no Ceará. Na noite desse domingo, o presidente Michel Temer (MDB) enviou força-tarefa policial ao Ceará e convocou Conselho de Defesa. As informações são do Estadão.
Torquato afirmou, na noite desse domingo, 18, que o Ceará enfrenta “momento difícil de segurança”. Ainda conforme o ministro, o Governo Federal quer ajudar a “trazer a paz”, mas destacou que o Estado vive situação diferente da do Rio de Janeiro.
Destacamento é chefiado pelo almirante Alexandre Mota, secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Decisão de enviar força-tarefa policial ao Ceará vem após decreto de intervenção na Segurança Pública do Rio de Janeiro, assinado por Temer. Foram enviados 36 homens: 26 da Polícia Federal e 10 da Força Nacional de Segurança Pública.
“O que vier, o governo assistirá e responderá na extensão da sua capacidade operacional e no limite de Orçamento”, afirmou Torquato, na base aérea de Brasília, antes de embarcar força-tarefa ao Ceará.
“Vamos estar onde necessário, com a força possível. O crime é nacional e nenhum Estado pode combatê-lo sozinho”, disse ainda em entrevista ao Estadão.
Ele reconheceu que o País vive uma “guerra de segurança pública” e que nenhum Estado sozinho vai ganhar essa luta”. Decisão dará “apoio técnico às forças de segurança estaduais nas ações de combate ao crime organizado”.
Com o ministro, estavam o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), e o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia. “A presença do senador Eunício é fundamental porque ele é grande canal político no Estado”, disse.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.