Sua mensagem foi enviada com sucesso. Em breve responderemos.

Fale conosco

Fechar
Início » Notícias » Mundo » Cai vantagem de Hillary Clinton sobre Trump após investigação do FBI

Cai vantagem de Hillary Clinton sobre Trump após investigação do FBI

trump-hillaryA candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, reduziu sua vantagem na corrida presidencial dos Estados Unidos sobre o rival republicano, Donald Trump, mostrou neste domingo (30) uma pesquisa conjunta feita pela “ABC News” e pelo “Washington Post”.

Hillary aparece apenas um ponto percentual à frente de seu adversário, com 46% das intenções de voto, contra 45% do republicano, diz a pesquisa. Na pesquisa anterior, da última quinta-feira (27), a democrata tinha 47% da preferência, contra 45% de Trump.

No estado da Flórida, Trump ultrapassa Hillary com 46% da preferência dos eleitores consultados, contra 42%.

Cerca de um terço dos consultados disseram que estão menos propensos a votar em Hillary depois que o diretor do FBI James Comey revelou na sexta-feira (28) uma investigação sobre novos emailsenvolvendo a democrata.

Pesquisas anteriores mostravam que a democrata havia ampliado a diferença sobre Trump, após a divulgação de um vídeo gravado em 2005, no qual faz comentários vulgares sobre as mulheres, e também pela série de denúncias de abuso sexual que sofreu ao longo da semana.

Suspeita sobre e-mails
O diretor do FBI, James Comey, disse que a agência vai investigar novos e-mails que surgiram com relação ao uso de um servidor privado que Hillary fez quando ocupava o cargo de Secretária de Estado. O FBi vai verificar se esses e-mail contêm informações secretas, disse.

O FBI tomou conhecimento da existência de e-mails que parecem ser pertinentes à nossa investigação”, escreveu Comey aos legisladores em carta divulgada por eles. “Manifestei meu acordo a que o FBI tome as medidas investigativas apropriadas” para que os peritos analisem estes e-mails, acrescentou.

Em uma carta enviada a republicanos da Câmara dos Representantes, Comey afirmou que “não pode prever quanto tempo levará para completar esse trabalho adicional”.

G1

Noticias Relacionadas:

Deixe seu comentário