Agentes de saúde e endemias conquistam vitória no senado

0
Divulgação

“Compromisso honrado”, assim comemorou o presidente do Congresso Nacional Eunício Oliveira ao conduzir a sessão que derrubou o veto parcial (VET) 32/2018, que impedia o aumento do piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias.

Agora, a matéria será encaminhada à promulgação.

“Esse foi um compromisso assumido e que me deixa muito feliz em honrar. Esses profissionais são fundamentais para a melhoria da saúde básica daqueles que mais precisam”, comentou Eunício.

A presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias, Ilda Angélica, agradeceu comemorou a vitória da categoria. “Quero fazer um agradecimento muito justo ao senador Eunício Oliveira, cumpriu a sua palavra e a Confederação quer aqui fazer esse agradecimento especial” , agradeceu Ilda.

Com a derrubada do veto, a remuneração mínima da categoria será de R$ 1250 em 2019, R$ 1400 em 2020, e R$ 1550 em 2021. A partir de 2022, o piso será reajustado, anualmente, pela Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO). O valor atual é de R$ 1014.

 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.