MPCE apreende R$ 700 mil em residências de donos de postos de combustível

0
O Ministério Público do Ceará (MPCE) e a Polícia Civil apreenderam, nesta quinta-feira, 9, cerca de R$ 700 mil nas residências de proprietários de postos de combustíveis na região do Cariri. A Operação Conexus, que investiga formação de cartel nos postos, cumpriu 80 mandados de busca e apreensão nas residências e em 40 postos.
A investigação acontece desde outubro de 2016, quando um relatório do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) apontava possibilidade de associação irregular entre os postos da região na combinação dos preços. A operação foi batizada em referência à articulação entre os suspeitos para as práticas ilícitas. Do latim, conexus significa “ligação”.
Além do relatório entregue naquele ano, o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) das Comarcas de Crato e Barbalha receberam reclamações sobre aumento acelerado do preço dos combustíveis.
A promotora de Justiça, Juliana Mota, afirma que a partir do farto material apreendido e das provas coletadas será realizada análise para verificar se as suspeitas iniciais se concretizam. “Para que se consiga uma operação efetivamente exitosa no âmbito do Ministério Publico, precisamos que esses indícios se tornem realidade e, por isso, vamos trabalhar na análise do material apreendido”.
Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos especialmente nos três municípios que foram o chamado triângulo Crajudar: Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte. Além do valor apreendido, pelo menos quatro armas de fogo foram encontradas.
De acordo com o delegado regional de Juazeiro do Norte, Juliano Marcula, fianças de aproximadamente R$ 10 mil foram rapidamente pagas, mostrando o alto poder financeiro dos suspeitos. A Polícia ainda encontrou uma máquina de contar cédulas em uma das casas, facilitando a contagem do dinheiro apreendido.
“Nos surpreendeu a quantidade de dinheiro apreendido de quase R$ 700 mil, pois não é comum que haja tanto dinheiro em residências e não nos postos. Em um só local foi encontrado (o valor de dinheiro em espécie de) R$ 300 mil”, diz. “Poucas vezes aconteceu no Cariri uma operação desse porte, com essa quantidade de alvos. Considero que ela foi muito exitosa e esperamos que outras operações desse porte possam ocorrer em parceria com o Ministério Público”.
Segundo o promotor de Justiça Thiago Marques, poucos postos de combustíveis da região do Cariri ficaram de fora da operação. “Nos detivemos neste momento àqueles em que tínhamos indícios mais fortes, porém, a investigação ainda está em curso”, destaca.
Com informações do Jornal O Povo

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.