Itapajé: Ex-Secretário suspeito de estuprar crianças diz ter sido ‘possuído pelo demônio’

0

O ex-secretário de Ação Social de Itapajé, município da região Norte do Ceará, preso suspeito de estuprar duas meninas de 6 e 13 anos, alegou ter tido uma “fraqueza” e sido “possuído pelo demônio” quando praticou os crimes, segundo a polícia. O homem foi solto nesta terça-feira (10), três dias após sua prisão. Nesta quarta (11), mais três suspeitos de estupro de vulnerável foram presos no município na Operação Silêncio dos Inocentes.

De acordo com o titular da delegacia de Itapajé, André Firmino, apesar de o ex-secretário ter confessado os crimes durante interrogatório e de a polícia ter apresentado os depoimentos das vítimas, a Justiça entendeu que não havia elementos suficientes no flagrante para decretar prisão preventiva, portanto, o homem foi solto e vai responder em liberdade.

Um laudo pericial foi realizado e comprovou os estupros. De acordo com Firmino, o resultado saiu no fim da tarde desta terça, e a juíza do caso não chegou a ter acesso.

“Ele [ex-secretário] confessou, disse de forma voluntária, e, claro, disse se arrepender”, acrescentou o delegado.

Ainda segundo o policial, o ex-secretário de Ação Social atuava como presbítero em uma igreja local. Ele estava preso na Cadeia Pública de Itapajé antes de ser solto nesta terça.

10 suspeitos investigados

Com a prisão do ex-secretário, a polícia de Itapajé deflagrou a Operação Silêncio dos Inocentes e prendeu mais três suspeitos de estupro de vulnerável no município nesta quarta-feira (11). Outros seis homens foram indiciados pela prática do mesmo crime e vão responder em liberdade, informou o delegado.

No total, 10 homens são suspeitos de estuprar crianças e adolescentes na cidade.

O delegado explica que as prisões não têm correlação, são casos isolados. As vítimas têm idades entre quatro e 13 anos, a maioria enteadas, primas ou parentes dos suspeitos.

“A maior parte das vítimas são filhos ou enteados deles. Ou seja, pessoas que eles deveriam resguardar”, comentou Firmino.

Um dos homens foi preso no Rio de Janeiro, para onde fugiu após saber das investigações, e deve ser recambiado para Itapajé nos próximos dias.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.