Fortaleza: Cidade é a 2ª mais procurada no Nordeste para o Carnaval

0
Praia de Meireles, Fortaleza, Ceará

O Carnaval 2018 será melhor para o mercado de hospedagem compartilhada do que o ano que passou. É o que indica levantamento feito pela Airbnb. Em Fortaleza, a procura por quartos e casas entre os dias 9 e 14 de fevereiro cresceu 115% na plataforma, em comparação a igual período de 2017. É a segunda cidade mais procurada do Nordeste, perdendo apenas para Maceió (AL), com alta de 122%.

No Nordeste, a previsão é que o serviço gere uma renda extra aos moradores de aproximadamente R$ 5 milhões nos cinco dias de folia. No Brasil, esse montante ultrapassa R$ 92,7 milhões. São mais de 158 mil visitantes, um incremento de 60% ante 2017.

As cidades mais procuradas para o feriadão são Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Guarujá (SP) e São Sebastião (SP). No Nordeste, além de Maceió e Fortaleza, Salvador e Recife também apresentam crescimento. “Temos verificado um aumento de reservas via plataforma e maior procura por destinos nacionais”, diz o diretor-geral do Airbnb Brasil, Léo Tristão.

Dentre as preferências nacionais, os que apresentaram maior crescimento neste ano, em termos de renda extra aos anfitriões no Carnaval, estão: Porto Belo (SC), com alta de 179%; Maceió (168%); Caraguatatuba, em São Paulo (146%); e Fortaleza (126%).

A pesquisa indica que um anfitrião brasileiro da plataforma tem renda anual de R$ 5.500. E que 20% deles usam esse dinheiro extra para manter o lar. Além disso, a atividade da plataforma movimenta a economia dos bairros, já que leva os turistas a locais fora dos distritos hoteleiros ou tradicionais. Dados da Confederação Nacional de Comércio, Bens, Serviços e Turismo (CNC), indicam que o turismo no Carnaval deve movimentar R$ 5,8 bilhões. Destes, R$ 140,3 milhões no Ceará, quinto maior montante.

 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui