PUBLICIDADE

Dorival 100% e o desafio do Ceará de manter a boa sequência

Por Lúcio Filho
Foto: Felipe Santos

Embora a torcida do Ceará ainda não tenha engolido as eliminações no Campeonato Cearense e na Copa do Nordeste, a reposta que o técnico Dorival Júnior deu aos torcedores foi rápida e não poderia ter sido melhor: três jogos, três vitórias e um futebol que está evoluindo.

Esta coluna comentou que o desafio de Dorival era encaixar um time com o elenco do Ceará que ele tinha em mãos. Chegou e não pediu contratação e a resposta foi eficiente. Com pelo menos a base que Tiago Nunes colocou em campo ele conseguiu fazer o Ceará jogar para frente e superar adversários como Independiente e Palmeiras, além de se impor frente o frágil Deportivo La Guaíra. Resultado, pelo menos até agora: líder do Grupo na Sul-Americana e disputando o Brasileiro de igual para igual.

O Alvinegro chega para enfrentar o Botafogo neste domingo como favorito. Com três vitórias consecutivas, a torcida promete lotar o Castelão e empurrar o Vozão do primeiro ao último minuto. O desafio de Dorival é fazer o time jogar sem Vina, que recebeu cartão vermelho no jogo contra o Palmeiras. Pode ser uma boa oportunidade para testar Zé Roberto ou Yuri Castilho no ataque, um camisa 9 de ofício fazendo dupla com Mendoza.

 

Fortaleza em busca da recuperação

 

O desafio do Fortaleza é reencontrar a vitória neste domingo na partida contra o Internacional, no Beira-Rio. São três derrotas consecutivas, sendo duas na Libertadores e uma estreia na Série A perdendo para o Cuiabá em casa.

Mesmo que na Libertadores o Fortaleza ainda não tenha conseguido os três pontos que ele persegue, não há tempo para se lamentar. O Brasileirão é uma competição onde o Leão precisa pontuar, pois perder pontos no início do Campeonato pode custar caro mais na frente, ainda que o Leão consiga ir adiante na competição internacional.

Antes de enfrentar o Alianza Lima, o Fortaleza vai dividir as suas atenções entre a Série A, a Copa do Brasil e as finais do Campeonato Cearense. Esta semana será de maratona para o Tricolor e também a oportunidade do elenco mostrar que está preparado para lidar com todas essas competições.

 

Série C

 

O Ferroviário enfrenta neste sábado o ABC de Natal, em casa. Enquanto Floresta e Atlético Cearense jogam fora contra o Paysandu e Vitória, respectivamente.

O Peixe quer a recuperação depois de perder na estreia para o Mirassol, enquanto os dois outros representantes cearenses enfrentam adversários que conhecem bem essa competição e são favoritos. Na primeira rodada somente o Floresta venceu.

 

Julgamento

 

As expectativas do futebol cearense estão voltadas para o julgamento, na próxima terça-feira (19/04), da Medida Inominada impetrada por Icasa e Maracanã, que pedem a exclusão do Crato do Campeonato Cearense sob acusação de manipulação de resultados. O julgamento será feito pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol Cearense (TJDF).

A prudência recomenda aguardar a decisão judicial, mas especialistas consultados pela Rede ANC acham que pode haver reviravolta no campeonato. Porém, como o Crato já foi rebaixado em campo, pode ser punido desportivamente, mas os resultados podem ser mantidos.

Fato é que se os jogos supostamente manipulados forem anulados, a fase de quartas de final deveria ser disputada novamente, o que seria muito ruim para a imagem do futebol cearense. Nos resta aguardar o final desta novela.

 

Série D

 

Enquanto isso, o Crato estreia na Série D, no domingo, na Arena Pernambuco, contra o Retrô. No mesmo grupo, o Icasa recebe o Globo no Romeirão. Outro representante cearense na competição, o Pacajus vai ao Piauí enfrentar o 4 de Julho.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no print
Imprimir