A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Fortaleza apresenta baixa procura da vacina contra a dengue

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Fortaleza, apenas 2% do público-alvo da vacinação contra a dengue buscou o imunizante. O percentual foi registrado após um mês desde o início da campanha. Nesta etapa, a vacina é destinada para pessoas com idades entre 10 e 14 anos.

Dos 38 mil imunizantes recebidos para a primeira dose, apenas 3.461 foram aplicados até o momento. Esse número que contrasta com os 154 mil jovens que compõem o público-alvo em Fortaleza. Apesar de nova, a vacina já passou por todos os testes necessários, além de já ter sido aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fortaleza apresenta baixa procura da vacina contra a Dengue
Foto: Reprodução

Como enfatiza Vanessa, a dengue pode levar à hospitalização e, em casos severos, à morte. Segundo dados da plataforma IntegraSUS da Secretaria de Saúde do Estado, o Ceará já registrou mais de 6,9 mil casos de dengue e duas mortes até o momento.

O esquema vacinal contra a dengue consiste em duas doses, com intervalo de três meses entre cada aplicação. A SMS destaca que crianças que contraírem a doença precisam esperar seis meses após a infecção para receber a primeira dose. Para aqueles que ficarem doentes após a primeira dose, o intervalo para a segunda aplicação não muda, mas é necessário aguardar 30 dias desde o início da enfermidade.

Para receber a vacina, é obrigatório apresentar um documento original da criança ou adolescente, como RG ou certidão de nascimento, além de um documento original do responsável. No entanto, vale ressaltar que a vacina é contraindicada para pessoas com condições específicas, como imunodeficiência grave e gravidez.

Acompanhe mais notícias da Rede ANC através do Instagram, Spotify ou da Rádio ANC.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir