A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Plano de US$ 10 milhões para preservação de terras indígenas é anunciado, Tremembé será um dos povos contemplados

Foi anunciado pelo Ministério dos Povos Indígenas (MPI) um investimento de US$ 10 milhões em ações de conservação e uso sustentável das terras indígenas brasileiras, que têm um tamanho de cerca de 6,4 milhões de hectares.

Chamando de ‘Conservação da Biodiversidade em Terras Indígenas’, o projeto deve beneficiar 61 mil indígenas, sendo de nove povos diferentes, no qual um deles são os Tremembé, localizados no território cearense. A iniciativa está previsto de ter cinco anos de duração e tem alinhamento com à Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental (PNGATI).

O dinheiro usado no projeto será levantando pelo Fundo Global para a Biodiversidade, e além dos Tremembé, ainda irá contemplar outros oito povos originários, sendo Kayapó e Munduruku, no Pará, Kadiwéu, Terena, Kinikinau e Guarani Kaiowá, no Mato Grosso do Sul, Pataxó, na Bahia, e Pankararu, em Pernambuco.

Em 2022, segundo o Mapbiomas, as terras privadas , durante os últimos 30 anos, perderam 20,6% de vegetação nativa por causa do desmatamento, enquanto nas terras indígenas a perda foi de apenas 1%.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir