PUBLICIDADE

Estudante que tinha plano para atear fogo em escola é descoberto pela polícia

Na tarde desta terça-feira (26), a Polícia Militar do Ceará (PMCE) descobriu que um aluno da rede estadual de ensino tinha um plano de atear fogo na escola que estuda, em Pacajus, município a 55 km de Fortaleza. Os agentes de segurança tinham sido acionados pelos responsáveis da unidade de ensino para atender uma denúncia.

O estudante de 16 anos teria ameaçado uma aluna com uma faca após ela recusar seu pedido de namoro. Além do objeto cortante, a polícia também encontrou gasolina e um mapa da estrutura da escola. Segundo informações preliminares, o intuito do jovem era provocar um incêndio no equipamento.

Foto: Reprodução/TV Verdes Mares

Através de nota, a Secretaria da Educação (Seduc) informa que ninguém ficou ferido, mas que o incentivo ao combate à violência será reforçado na escola, além da disposição de psicólogos para atender os familiares e os alunos envolvidos no caso. Ainda segundo a pasta, os fatos estão sendo apurados em sigilo para não comprometer os estudantes, que são menores de idade.

As investigações do caso estão realizadas pela Polícia Civil do Estado (PCCE). O caso foi registrado na Delegacia Metropolitana de Horizonte e posteriormente encaminhado para a Delegacia Metropolitana de Pacajus.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no print
Imprimir