A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Abrasel aponta dificuldades para bares e restaurantes no Ceará

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), no mês de maio 70% dos bares e restaurantes operaram sem lucro. Dos entrevistados, 36% relataram prejuízos, 34% conseguiram equilibrar as contas e apenas 30% registraram lucro. Em contraste, 48% dos estabelecimentos afirmaram que o faturamento em maio foi maior do que em abril.

Um outro ponto abordado pela pesquisa da Abrasel foi contas e impostos. Do quantitativo geral dos entrevistados, metade dos empresários alegaram ter contas em atraso. As dívidas mais comuns são relacionadas a impostos federais (74%), impostos estaduais (69%) e empréstimos bancários (43%).

Abrasel aponta dificuldades para bares e restaurantes no Ceará
Foto: Agência Brasil

Um dos caminhos para melhorar o faturamento é o reajuste de preços conforme a inflação. No entanto, quase 47% dos bares e restaurantes não conseguiu aumentar os preços nos últimos 12 meses. O número representa um aumento de nove pontos percentuais em comparação com a pesquisa anterior.

Para o presidente da Abrasel no Ceará, Taiene Righetto, o setor enfrenta um momento crítico que requer atenção. Ele também destacou a importância do debate sobre a Reforma Tributária, que pode impactar diretamente o setor.

“Além disso, estamos num momento muito delicado em que se discute a reforma tributária e se fala de impostos seletivos sobre algumas bebidas, consideradas vilões, mas que são matérias primas ou produtos importantes de um setor que não consegue mais absorver custos para não repassar ao consumidor. Esse é um cenário bastante delicado e importante de ser discutido, principalmente nesse momento, em que precisamos ter um equilíbrio de impostos mais justos e um incentivo de recuperação em nosso setor, que está muito fragilizado”, explicou.

Acompanhe mais notícias da Rede ANC através do Instagram, Spotify ou da Rádio ANC.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir