A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Associação Caatinga incentiva estudos para ampliar conhecimento sobre o bioma

A Associação Caatinga (AC) tem se empenhado em promover e incentivar estudos acadêmicos sobre o bioma da Caatinga, o menos pesquisado do Brasil, com o objetivo de ampliar o conhecimento científico sobre a região. Nesse sentido, a Reserva Natural Serra das Almas (RNSA), situada entre os municípios de Crateús (CE) e Buriti dos Montes (PI), destaca-se como um importante local para a realização dessas pesquisas.

Os estudos realizados na Serra das Almas, tanto pela equipe da AC quanto por parceiros, estão catalogados no site da ONG. Até o momento, são mais de 50 pesquisas, incluindo teses de mestrado e doutorado, trabalhos de conclusão de curso, publicações em periódicos científicos e livros.

Associação Caatinga incentiva estudos para ampliar conhecimento sobre o bioma
Foto: Associação Caatinga

Um dos estudos de destaque é o monitoramento da mastofauna com ênfase em felinos e primatas, conduzido pelo projeto No Clima da Caatinga, realizado pela Associação Caatinga e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental. Esse estudo envolve a captura de imagens da fauna local utilizando armadilhas fotográficas, testando novas metodologias em diferentes tipos de ambientes. O objetivo é compreender melhor a distribuição das espécies na Reserva Natural Serra das Almas e propor ações mais eficazes de conservação.

Felinos e Primatas

O monitoramento foca nos felinos, que são predadores de topo e indicam a integridade ambiental, e nos primatas, destacando-se a espécie Guariba (Alouatta ululata), cuja existência foi confirmada na região. A presença desses predadores é um sinal positivo de saúde do ecossistema e as informações coletadas são estratégicas para o desenho de corredores ecológicos, conectando fragmentos florestais e contribuindo para a conservação de áreas prioritárias.

Acompanhe mais notícias da Rede ANC através do Instagram, Spotify ou da Rádio ANC.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir