A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Baião Social beneficia 275 organizações da sociedade civil em Fortaleza

Em parceria com o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), o Sistema Fecomércio Ceará celebrou um ano de operação do projeto Baião Social na última  quinta-feira (27), reunindo representantes de diversas organizações sociais e gestores do Sistema.

O Baião Social é um programa de formação que visa fortalecer a gestão de Organizações da Sociedade Civil (OSC), ajudando a otimizar recursos e articular ações coletivas. Em um ano, o projeto capacitou 275 organizações que atuam em áreas como assistência social, educação e esporte, beneficiando diretamente 200 mil pessoas no Ceará.

Presidente do Sistema Fecomércio, Luiz Gastão Bittencourt, afirma que o objetivo do projeto é fortalecer o exercício da cidadania, criando uma rede de organizações sociais capaz de potencializar o impacto coletivo e a sustentabilidade dessas iniciativas

Inicialmente, o programa tinha como meta atender 250 organizações, mas conseguiu ampliar esse número em 10%. Sandra Maria, presidenta da Associação de Moradores da Zona da Praia do Arpoador, elogiou a iniciativa: “O Baião Social trouxe muita informação e aprendizado para nós. Já estamos vendo os frutos aparecerem, com melhorias significativas na associação e na comunidade.”

Das organizações participantes, 186 também integram os programas Sopa Amiga e Mesa Brasil Sesc, que combatem a insegurança alimentar no estado. Ao longo do ano, essas organizações distribuíram 1.236 toneladas de alimentos para 37 mil pessoas em Fortaleza.

Uma das etapas do Baião Social envolveu a seleção de 18 organizações para um processo de incubação e aceleração de negócios. Essas entidades passaram por formações, mentorias e receberam um recurso semente para impulsionar seus empreendimentos sociais. Entre os projetos apoiados estão iniciativas de feira livre, produção de sabão ecológico, buffets móveis, arte e reciclagem, design e artesanato. No total, esses negócios receberam um investimento de R$ 126 mil, gerando renda para mais de 4.500 famílias.

O CIEDS é uma organização que desenvolve tecnologias sociais para promover renda, saúde, educação e prosperidade. Com mais de 25 anos de história, o CIEDS já realizou mais de 600 projetos, atendendo 3.900 comunidades e beneficiando diretamente 2.200.000 pessoas, sempre com o apoio de mais de 700 parceiros.

O projeto Baião Social é um exemplo de como a capacitação e o apoio às organizações sociais podem gerar um impacto positivo significativo nas comunidades. Com a continuidade de iniciativas como essa, espera-se que mais pessoas sejam beneficiadas e que as OSCs se tornem cada vez mais fortes e autossustentáveis.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir