A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Ceará inicia oficinas do Programa Primeira Infância Antirracista

O Governo do Ceará, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e prefeituras municipais, deu início às primeiras oficinas de formação para as equipes técnicas de 34 municípios selecionados para o programa Primeira Infância Antirracista (PIA). A iniciativa busca criar planos municipais antirracistas, abordando letramento racial e os impactos do racismo no desenvolvimento infantil.

O primeiro encontro, realizado no auditório da Secretaria da Proteção Social do Ceará (SPS) em Fortaleza, reuniu representantes de 14 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os próximos encontros estão agendados para esta terça-feira (02/07) no Crato, com dez cidades da região do Jaguaribe, e quinta-feira (04/07) em Sobral, para dez municípios do Sertão Central.

Maíra Souza, oficial de Desenvolvimento Infantil na Primeira Infância do Unicef, enfatizou a importância de criar ações práticas e objetivas para promover práticas antirracistas nos serviços públicos. “Ações práticas objetivas, realistas e a curto prazo e que eles possam fazer, tanto voltados para o processo de letramento racial deles e de seus pares e da sua equipe, mas também como que eles podem adotar práticas antirracistas ao curto prazo, no contexto dos seus serviços”, destaca.

Ceará inicia oficinas do Programa Primeira Infância Antirracista
Foto: Fábio Lima

Ao todo, são cerca de 400 mil crianças de até 6 anos residindo nas regiões selecionadas. Os números são de um levantamento promovido pelo Unicef.

Análise e Implementação

Durante os encontros, serão discutidas as barreiras para a implementação de práticas antirracistas e revisados os Planos Municipais pela Primeira Infância (PMPI) com um enfoque étnico-racial. A expectativa é que, após as oficinas, os municípios implementem as melhorias propostas ainda no segundo semestre deste ano. O acompanhamento das ações será realizado pelo Unicef e pelo Governo do Estado.

Rui Aguiar, chefe do escritório do Unicef no Ceará, explicou que os municípios foram escolhidos pela presença significativa de populações indígenas e negras. Ele também mencionou que há planos para ampliar o número de cidades participantes a partir de 2025.

Calendário das Oficinas

  • Polo Crato | Terça-feira, 2 de julho
    • Local: Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja)
    • Endereço: Avenida José Alves de Figueiredo – S/N – Centro, Crato
    • Horário: 8h30min às 16h30min
    • Municípios: Araripe, Brejo Santo, Crato, Iracema, Mauriti, Missão Velha, Novo Oriente, Porteiras, Quiterianópolis, Salitre.
  • Polo Sobral | Quinta-feira, 4 de julho
    • Local: Auditório da Prefeitura de Sobral
    • Endereço: Rua Viriato de Medeiros, 1250 – Centro – Sobral/Ceará
    • Horário: 8h30min às 16h30min
    • Municípios: Acaraú, Crateús, Granja, Itarema, Monsenhor Tabosa, Pacujá, Poranga, São Benedito, Sobral, Tamboril.

Acompanhe mais notícias da Rede ANC através do Instagram, Spotify ou da Rádio ANC.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir