A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Sistema de acessibilidade do Ceará pode ser reeestruturado

A Secretaria dos Direitos Humanos do Ceará (Sedih-CE) recebeu uma recomendação do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) para que o sistema de acessibilidade estadual para assegurar serviços públicos a pessoas com deficiência visual e auditiva seja reestruturado. A recomendação, emitida pela 19ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, destacou a necessidade de aprimoramentos na Central de Intérprete de Libras (CIL). Conforme o MPCE, a unidade enfrenta falta de funcionários suficientes e estrutura adequada para atender as pessoas surdas.

Na recomendação, o promotor de justiça Eneas Romero de Vasconcelos apontou a negligência da Secretaria na administração da CIL e na oferta de comunicação acessível para pessoas com deficiências visuais. “A comunidade de pessoas surdas, movimentos sociais e alguns intérpretes de libras reclamaram ao MP da situação atual da CIL estadual, que foi precursora, funcionava regularmente há alguns anos e agora está com o serviço sem a devida continuidade”, disse.

Sistema de acessibilidade do Ceará para PcD pode ser reeestruturado
Foto: Sheyla Castelo Branco / SPS

Através de nota, a Secretaria dos Direitos Humanos afirmou que as políticas públicas para pessoas com deficiência (PcDs) são uma prioridade do Governo do Estado. A pasta destacou ainda a criação da primeira coordenadoria voltada unicamente para a efetivação dos direitos dessa população, com recursos destinados à implantação da Central Estadual de Interpretação de Libras e Audiodescrição. Aliado a isso, a Sedih-CE comentou que existem outras iniciativas para promover os direitos humanos das PcDs em todo o estado.

Ainda no texto, a pasta disse ter conhecimento de viabilizar a comunicação e anunciou o início do processo de contratação de oito profissionais de libras e dois de audiodescrição. Esses profissionais devem começar suas atividades ainda neste mês em um espaço especializado na prestação de serviços de interpretação de libras e audiodescrição. De acordo com Socorro França, titular da Sedih-CE, os intérpretes farão parte da equipe da CIL e o concurso para fazer a seleção foi realizado em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC).

Acompanhe mais notícias da Rede ANC através do Instagram, Spotify ou da Rádio ANC.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir