A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Ceará terá 75 estudantes participando da fase final da ONHB 2024

A Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) 2024 terá a presença de muitos estudantes cearenses, visto que 25 equipes de escolas públicas foram classificadas, contando, no total, com 75 alunos vindos de 14 municípios do Ceará.

Sendo sua 16ª edição, a fase final da ONHB acontecerá na Universidade Estadual de Campinas, durante os dias 24 e 25 de agosto. De todas as escolas cearenses classificadas, uma é federal, seis são municipais e 18 são estaduais. Devido ao bom desempenho de alguns estudantes nas fases anteriores, duas dessas instituições serão apoiadas pela organização da olimpíadas, no qual receberão ajuda para o deslocamento até o local da fase final, sendo as escolas “Trio Entente”, em Maracanaú, e “Historiadores J.A”, de Fortaleza.

Veja todas escolas do Ceará classificadas para a final da 16ª edição da ONHB

  • As serenas y oh Yarlei – Escola Doutor Salomão Alves de Moura, em Aracoiaba (Estadual)
  • Hello Kittys Soviéticas – Escola Antônia Nedina Onofre de Paiva, em Assaré (Estadual)
  • Historiadores J.A – Escola Municipal José de Alencar, em Fortaleza (Municipal)
  • Metamorfose Ambulante – Escola Doutor Cesar Cals, em Fortaleza (Estadual)
  • Trio C.E.J – Colégio Militar do Corpo de Bombeiros, em Fortaleza (Estadual)
  • Simoa’s – Escola Parque Presidente Vargas, em Fortaleza (Estadual)
  • OHP da História – Escola Dona Júlia Alves Pessoa, em Fortaleza (Estadual)
  • Womens team – Escola Parque Presidente Vargas, em Fortaleza (Estadual)
  • OS THE CAPS – Escola Alberto Gomes de Queiroz, em Fortaleza (Municipal)
  • Os Ilíada – Escola Ismael Pordeus, em Fortaleza (Municipal)
  • Raios do Sol Cearense – Escola Maria José Macario Coelho, em Fortaleza (Municipal)
  • Império – Escola José Walfrido Monteiro, em Icó (Estadual)
  • Raquel de Queiroz – Escola Antônio Geraldo de Lima, em Itaitinga (Estadual)
  • Netas de Jovita – Escola Antônio Geraldo de Lima, em Itaitinga (Estadual)
  • Três Espiãs Demais 3.0 – Escola Joaquim Magalhães, em Itapipoca (Estadual)
  • Legado de Hera – Escola Aderson Borges de Carvalho, em Juazeiro do Norte (Estadual)
  • Químicos da história – IFCE Limoeiro do Norte, em Limoeiro do Norte (Federal)
  • Trio Entente – Escola Albaniza Rocha Sarasate, em Maracanaú (Estadual)
  • SERtão Histórico – Escola Casimiro Leite de Oliveira, na Pacatuba (Estadual)
  • Team FGA – Escola Antônio Rodrigues de Oliveira, em Pedra Branca (Estadual)
  • Campeões da História – Escola Cecília Pereira, em Redenção (Municipal)
  • Reriús na História – Francisca Castro de Mesquita, em Reriutaba (Estadual)
  • Sábios Historiadores Viajantes – Escola Nossa Senhora das Graças, em Reriutaba (Municipal)
  • Alcagirls – Colégio da Polícia Militar Jarbas Passarinho, em Sobral (Estadual)
  • Fênix Flamejante – Colégio da Polícia Militar Jarbas Passarinho, em Sobral (Estadual)

A equipe de cada escola é formada por um professor de história e três alunos do ensino fundamental ou médio. Estudantes tanto de escolas públicas quanto de escolas privadas podem participar da olimpíada.

A edição de 2024 começou em 6 de maio, quando, até chegarem a final, os estudantes participaram de seis fases online, no qual cada uma durou uma sema. A fase final, como dito anteriormente, acontece nos dias 24 e 25 de agosto, com a primeira data sendo a prova dissertativa e a segunda a cerimônia de premiação para entrega das medalhas de ouro, prata e bronze.

Além disso, os medalhistas terão a possibilidade participar do edital “Vagas Olímpicas” da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que concorrem a uma vaga no curso de graduação em História da instituição sem necessidade fazer a seleção do vestibular. Os vencedores de escolas públicas ainda podem oncorrer a uma bolsa de R$ 300 mensais, do CNPq, com duração de 12 meses. Para isso, os selecionados devem participar de pelo menos um dos projetos da ONHB em 2024 e 2025.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir