A Notícia do Ceará
PUBLICIDADE

Enquete oficial sobre o PL do Aborto tem 918 mil votos contra proposta

Até o último domingo (16), a enquete criada pelo portal da Câmara dos Deputados em relação ao Projeto de Lei 1904/2024, popularmente conhecida como “PL do Aborto”, já teve mais de um milhão de votos, sendo a maioria se manifestando contra a proposta.

Com urgência aprovada em votação-relâmpago na última quarta-feira (12), o PL em questão quer igualar o aborto a um homicídio, quando feito após 22 semanas de gestação, até mesmo em mulheres gravidas devido a um estupro. No site oficial da Câmara, 88% daqueles que votaram afirmam discordar “totalmente” da proposta.

No total, 918 mil votos contra ao PL foram registrados, enquanto apenas 112 mil, o que representa 12% dos votantes, dizem concordar “totalmente”. As opções “concordar com maior parte”, “indeciso” ou “discordar na maior parte”, até o momento, não representam nem 1% dos votantes.

O Projeto de Lei está em discussão na Câmara dos Deputados, e deseja modificar quatro artigos do Código Penal Brasileiro. Caso aprovado, realizar aborto se torna crime com o mesmo parâmetros de um homicídio simples, podendo receber uma pena de 6 a 20 anos de cadeia.

Além disso, atualmente os médicos responsáveis pelo procedimento são isentos de responder por qualquer tipo de crime, porém, caso a proposta seja aprovada, eles também poderão ser presos.

Veja quais são as únicas situações que o aborto é permitido legalmente no Brasil:

  • Para salvar a vida da mulher
  • Gestação resultante de estupro
  • Feto anencefálico, que resulta em bebê natimorto ou capaz de sobreviver apenas algumas horas

Acompanhe mais notícias da Rede ANC através do Instagram, Spotify ou da Rádio ANC

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
Imprimir